Centenário do mestre Eleazar de Carvalho

Adelina Alcântara Machado, presidente da OBME- 
Organização Brasileiradas Mulheres Empresárias,
 e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.
Distinguido , ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e a
viúva de Eleazar de Carvalho, Sonia Muniz.

A sociedade paulistana reuniu-se nas elegantes dependências da "Sala São Paulo", da capital paulista, para concerto de Bethoven em homenagem ao inesquecível maestro Eleazar de Carvalho. A viúva, Sonia Muniz (foto) entregou ao ex-Presidente do Brasil, Fernando Henrique Cardoso, uma obra de arte cearense  distinguindo-o,  pois,  FHC, apoiou o mestre da música clássica, em vida. A noite foi agradável e emocionou os presentes .

Sobre o maestro

Maestro Eleazar de Carvalho nasceu em Iguatu, Ceará, em 28 de junho de 1912, e faleceu em São Paulo, SP, em 12 de setembro de 1996. Sua formação foi ministrada por Sergei Koussewitzky, que por sua vez a recebeu diretamente de Tchaikowsky.
Doutorou-se em música pela Washington University e humanística pela Hofstra University.
Foi professor de regência da Juilliard School e Yale University.
Esteve à frente das maiores orquestras do mundo, como Orquestra de Boston, Filarmônica de Viena e Filarmônica de Israel.
No Brasil, Eleazar foi diretor artístico e regente titular da Orquestra Sinfônica Brasileira, Sinfônica Municipal de São Paulo, Sinfônica de Porto Alegre, Sinfônica de Recife, Sinfônica da Paraíba, e , desde 1972, até sua morte, foi diretor artístico e regente titular da Osesp.
Trouxe para o Brasil o modelo do Festival de Tanglewood, onde foi professor de regência por dezessete anos, e o aplicou com sucesso no Festival de Inverno de Campos do Jordão, Gramado (RS), João Pessoa (PB) e Itu (SP).
A criação da semana Eleazar de Carvalho como parte oficial das comemorações do Estado de São Paulo, é um reconhecimento das autoridades pelos serviços prestados por ele à cultura brasileira.
Eleazar foi casado com Jocy de Oliveira, também musicista, desta união nasceu o economista Eleazar de Carvalho Filho. Seu segundo casamento foi com Sonia Muniz e o casal teve um filho, Sergei Eleazar de Carvalho, que recebeu este nome em homenagem ao maestro Koussevitzky.








Nenhum comentário:

Postar um comentário