A arte branca de Sophia: pão com recheio de mortadela, azeitonas verdes, castanhas do Brasil e queijo coalho




Chef Carlos Henrique Mancuzo – professor do Centro Europeu

Sobre o preparo

A atriz Sophia Loren é considerada pelos italianos como a Madrinha da Mortadela. Em 1971, estrelou um filme chamado “La Mortadella”, onde trabalhava na Itália e desejava levar um pedaço do embutido para o noivo nos EUA. Ficou retida no aeroporto por este transporte ilegal e passou o filme degustando a iguaria. Aproveitando o fascínio que os italianos possuem pelos seus pães e embutidos, foi desenvolvida uma arte branca, aliando os sabores da mortadela com ingredientes brasileiros, como a castanha do Brasil e o queijo coalho.

Ingredientes para a massa

- 1 xícara (chá) de água
- 1 xícara (chá) de leite
- 1/2 envelope de fermento biológico seco
- 1 colher (sopa) de sal
- 1/2 colher (sopa) de açúcar
- 4 colheres (sopa) de azeite
- 1 ovo
- 5 xícaras (chá) de farinha de trigo

 Ingredientes para o recheio

- 300 g de mortadela moída
- 2 colheres de salsa picada
- 150 g de azeitona verde picada
- 100 g de castanha do Brasil
- 300 g de queijo coalho
- 150 g de requeijão cremoso

Modo de Preparo

Massa: Misture os ingredientes secos. Em seguida, misture os demais ingredientes da massa e sove bem até adquirir uma massa homogênea. Cubra e deixe crescer até dobrar de tamanho. Abra a massa com um rolo em uma superfície enfarinhada, no formato de um retângulo, com 0,5 cm de espessura. Reserve.
Recheio: Cubra com os ingredientes do recheio, previamente misturados, e enrole como um rocambole. Aperte bem. Corte em fatias com mais ou menos dois dedos de espessura e coloque em uma forma untada. Leve ao forno preaquecido, até dourar. Retire, polvilhe queijo e sirva.
Dica do chef: Não aperte muito o rocambole para o recheio não sair do meio do pão quando estiver assando.



Nenhum comentário:

Postar um comentário